ACF está na final do estadual

3

Finalista. Num jogo carregado de emoção, nervosismo e muito equilíbrio, Associação Concordiense de Futsal conseguiu superar Tubarão e chegar a fase final do Campeonato Catarinense da Divisão Especial.  Na noite de quarta-feira(6) derrotou o time do sul do estado, na prorrogação, 2 a 0, depois de ter também ganhado no tempo normal  por 4 a 3.

João Neto, Péski e  Fusca foram os destaques, pela ordem, no time de Concórdia. Já pelo lado do Tubarão, o goleiro Marcinho evitou que o placar fosse maior para a ACF. Agora a equipe Concordiense espera pelo adversário da decisão do título que sairá do confronto entre Joinville x Jaraguá Futsal. Na partida de ida deu Joinville 2 a 1. O próximo jogo será sábado, dia 9, em Jaraguá do Sul. As finais estão programadas para dias 14 e 18 deste mês, sendo que Concórdia faz a partida final em casa.

Sabendo que somente a vitória no tempo normal lhe interessava, Concórdia começou o jogo pressionando o Tubarão e já em menos de um minuto fazia o primeiro gol através de  Fusca.  Com uma grande atuação, o goleiro Marcinho evitou que Concórdia aumentasse o placar ainda na primeira etapa.

No segundo tempo, Péski fez o segundo gol para ACF. Quando parecia que a vitória seria tranquila,  Tubarão iniciou a sua reação na partida, com a entrada do ala Torres que deu outra mobilidade a equipe. Em menos de um minuto fez dois gols, com Dudu e Charuto,  e colocou fogo na partida. Com o empate, a vaga iria para Tubarão.  Concórdia partiu com tudo pra cima do adversário. Teve ainda um pênalti não convertido pelo pivô Pèski, e um tiro livre também desperdiçado pelo central Valença.  O gol da vitória veio  através do ala Fusca,  faltando menos de cinco minutos para o término da partida.

Na prorrogação, o Tubarão utilizou o goleiro linha, pois a vantagem do empate passou a ser da ACF.  Tentou de todas as formas abrir o placar mas esbarrou na grande atuação do goleiro João Neto.  Concórdia se aproveitou do desespero do adversário, e fez o primeiro gol com  Péski, no primeiro tempo, e Jonny no segundo, confirmando a vaga para a grande decisão do campeonato, e levando ao delírio a torcida que estava presente no Centro de Eventos em Concórdia.

João Neto, Fernando  e Péski no lado de Concórdia: Marcinho, Rodriguinho, Felipe e Dudu pelo Tubarão, levaram cartão amarelo na partida. A renda do jogo foi de R$ 3.000,00 para um público total de 655 torcedores.

Concórdia: João Neto, Júlio, Douglinhas, Fusca, Péski, Valença, Guilherme, Jonny e Mazeto.
Tubarão: Marcinho, Charuto, Jedi, Rodriguinho, Nicola, Felipe, Vandinho, Dudu, Torres, Renã e Pakito.
Arbitragem: Ademir Ludvig e Vinicius Eduardo Andrade.